Chateau Gudanes e a história de uma família australiana que comprou um castelo de 94 quartos

Eles compraram um castelo de 94 quartos

Morar em um castelo nunca foi e provavelmente nunca será um sonho na minha vida – nos meus planos de “desentralhar” a minha vida, um castelo seria a última coisa que eu gostaria de ter. Mas, acompanhar, mesmo que somente pelas redes sociais, o sonho de um casal de australianos, que comprou um castelo de 94 quartos no sul da França e o está reformando para trazer de volta todo o esplendor dessa magnífica construção do século 18, tem sido um prazer e até um aprendizado.

É muito bom acompanhar a realização de um projeto de vida de uma família, com o belo propósito de manter viva a história, de restaurar o passado e de dividir isso com o resto do mundo e aprender com a tranquilidade com que eles lidam com todo o trabalho, os problemas e as dificuldades que um projeto dessa magnitude proporciona.

Chateau Gudanes e a história de uma família australiana que comprou um castelo de 94 quartos

A história de Karina e Craig Waters e o seu castelo começou em 2011, quando o casal começou a procurar uma casa pra comprar na França. Eles moravam em Perth, na Austrália, com os dois filhos, onde ela trabalhava como advogada tributarista e ele como cirurgião. Depois de algumas viagens frustrantes visitando casas selecionadas por amigos franceses que pareciam “muito perfeitinhas” para o que Karina procurava – ela queria alguma coisa “shabby chic, rústica, tipo ‘pequeno chateau’” – foi Ben, o filho de 16 anos do casal, que encontrou por acaso na internet o que eles estavam procurando a tanto tempo: o Chateau de Gudanes. Sem pensar duas vezes, eles dirigiram mais de 800 quilômetros em um único dia para alcançar o castelo que mudaria suas vidas para sempre.

Não foi necessariamente o que vimos, mas o que sentimos quando atravessamos pela primeira vez os portões. Foi como se estivéssemos entrando em um sonho, ou em um conto de fadas. Você perde o senso da realidade e a sua imaginação toma conta. Nos sentimos em um dos cenários de um romance de Jane Austen. -Karina Waters-

Chateau Gudanes e a história de uma família australiana que comprou um castelo de 94 quartos

Construído por volta de 1745, a enorme construção com 94 cômodos estava abandonada há anos, o teto e o piso estavam destruídos, não havia luz elétrica, nem água e até árvores e arbustos já cresciam dentro de casa. Karina e Craig, no entanto, ficaram tão encantados com o Chateau, que o desejo de trazer de volta à vida esse que foi um dia um imponente castelo foi mais forte e fez com que eles fossem em frente, comprassem a propriedade e iniciassem o longo e árduo trabalho de restauro.

As pessoas vivem me perguntando ‘o que você está fazendo, você vai morar pra sempre na França, como vocês vão conseguir pagar isso?’ Para ser honesta, eu não sei e eu não me preocupo com isso. Eu vou fazendo o que posso, um passo de cada vez. Minha mãe costumava dizer: deixe que o amanhã cuide de si mesmo.  -Karina Waters-

 

Como Craig e os filhos tinham que ficar na Austrália para trabalhar e estudar, Karina cuida sozinha da obra. Mas ela não está tão sozinha assim. Ela compartilha as histórias do passado, presente e futuro do Chateau com seus milhares de seguidores no Facebook, no Blog e no Instagram e divide com eles todos os medos e triunfos de uma estrangeira vivendo num vilarejo francês e tentando administrar um projeto monumental.

O otimismo e encorajamento das pessoas nas mídias sociais têm sido uma enorme bênção nesta jornada. E isso tem promovido tanto o Chateau, como nunca teríamos imaginado. Agora percebemos que estamos nesta empreitada junto com nossa nova, ampliada família. Cada vez que posto no Instagram e Facebook, ou escrevo no blog, posso sentir a energia e o apoio de nossos muitos seguidores e amigos. Mesmo que eles não possam estar aqui, todo mundo parece se envolver com a energia e a vitalidade que exalam do Château. -Karina Waters-

Walking through a little French village.

Uma foto publicada por France (@chateaugudanes) em

 

Para o futuro eles esperam oferecer no castelo um café e excursões. Depois um hotel, uma loja de presentes e instalações para casamentos, festivais de música, festas locais, workshops, conferências seminários e cursos.

A intenção não é transformar o Chateau em um pretensioso museu, mas em vez disso, em um lugar para visitar, reconectar-se com a terra e com as pessoas e restaurar os sentidos. Craig e Karina não pretendem encher os ambientes com quadros e mobiliário – tudo será deixado bem minimalista, deverá ser um lugar onde as pessoas possam simplesmente descansar, respirar e desfrutar a calma.

Um belo sonho, que eu espero em breve ver realizado.

Craig e Karina Waters com os filhos Ben e Jasmin
Craig e Karina Waters com os filhos Ben e Jasmin

Veja mais em: The Good Life France, Today, Carla Coulson





Tags from the story

Deixe seu comentário.