Design Escandinavo - String

BELAS PRATELEIRAS, styling inspirador e uma história sobre preguiça e pratos sujos

Eu acompanho o trabalho da decoradora sueca Lotta Agaton pelo Instagram já há bastante tempo, eu gosto das imagens serenas e de como ela combina texturas, padronagens e formas para criar composições super interessantes. Além do seu trabalho de decoração de interiores, ela colabora também com várias agências de publicidade na produção e styling de imagens para catálogos e sites de seus clientes. E foi através desta foto abaixo, que ela publicou em seu Instagram, que eu descobri um ícone do design escandinavo e uma história que tem a ver com preguiça e pratos sujos.

BELAS PRATELEIRAS, styling inspirador e uma história sobre preguiça e pratos sujos

Trabalhando em conjunto com o fotógrafo Marcus Lawett, Lotta criou vários looks para os produtos do novo catálogo da String, empresa de design sueca. Como eu não conhecia a empresa e fiquei encantada com as fotos, fui me informar.

String é um sistema de prateleiras projetado pelo arquiteto sueco Nils Strinning em 1949. Ele foi um dos principais designers do século XX, que construiu a fundação do que agora chamamos de “design escandinavo”. Pode parecer estranho que algo tão simples e modesto como uma prateleira pequena e delicada com seus painéis laterais finos tenha se tornado um dos ícones de design mais importantes do século XX, mas as razões são bem explicadas no site da marca:

“A embalagem fina é barata e simples de transportar, as prateleiras são fáceis de montar, podem ser reposicionadas rapidamente, as várias opções de profundidade podem ser combinadas e os livros são mantidos no lugar pelos painéis laterais, é estável e podem ser aumentadas em todas as direções. É o painel lateral que dá à string® seu caráter. Os fios coloridos são elegantes e clean, uma esguia “escada” subindo pela parede – é engenhoso, é variável, é flexível… não é difícil entender porque os europeus da pós-guerra, que ansiavam por liberdade, adoraram o sistema string®.”

E a história do que levou Nils Strinning a criar o seu sistema de prateleiras é também bastante interessante:

“Tudo tem uma história e esta é sobre preguiça e fios de aço. Secar pratos antes das máquinas de lavar louças sempre foi uma empreitada demorada, deixá-los secar ao ar é mais higiênico do que usar um pano de prato, mas, para isso, um prático e bonito rack para os pratos seria necessário. Assim, o rack para louça Elfa tornou-se a primeira invenção de Nils Strinning em 1946, quando ainda era estudante de arquitetura. Três anos mais tarde, ele a aprimorou revestindo o fio de aço com plástico. Sim, Nils Strinning é o pai de todos os organizadores aramados que podem ser encontrados na maioria dos armários de hoje. Nada é demasiado simples que não pode ser melhorado – essa era a visão de Nils Strinning. Por causa dele, a procura dos inventores por funcionalidade passou a ser combinada com a necessidade estética por proporção e detalhe.”

Muito legal, não? Interessante como a tentativa de resolver problemas triviais pode levar a invenções que marcam uma época.



Mas muito tempo se passou desde esta época, Nils Strinning faleceu em 2006 e a String, além do sistema de prateleiras de pequeno porte, oferece hoje também móveis de escritório e grandes unidades com mesas e armários integrados. E agora, para o lançamento da nova coleção, introduzindo cores lindíssimas, a String convidou Lotta Agaton. As fotos exprimem com perfeição o estilo característico de Lotta, que é o uso inteligente de cor e textura. Belas prateleiras, uma interessante história, fotos incríveis e um styling inspirador.





Deixe seu comentário.