A casa “imperfeita” de um decorador australiano

A casa “imperfeita” de um decorador australiano

Eu acredito que a decoração de nossas casas tem que estar sempre de acordo com a nossa personalidade e com o nosso estilo, assim também como o modo como nos vestimos ou como levamos nossas vidas. Podemos, e acho que devemos, até nos inspirar em revistas de decoração, casas dos amigos, “look do dia” das nossas blogueiras favoritas e até aprender algumas regrinhas, mas nunca copiar e nunca seguir modismos. Temos que ter confiança no nosso gosto pessoal e desenvolver a capacidade de selecionar o que é bom, o que fica bem e o que é prático para cada um de nós. Na minha opinião, se sentir bem e confortável, seja em casa, com a roupa que usamos e até mesmo com nós mesmos, isso sim, é o que está na moda e o que é tendência.

E por isso sou grande fã do trabalho do australiano Jason Grant, decorador, blogueiro, autor de dois livros: A place called home e Away at home e com muitos de seus trabalhos já publicados em revistas importantes como Vogue Living, Elle Decoration, Marie Claire e muitas outras.

Eu me identifico com o seu estilo casual e descontraído, nada de casas muito arrumadas, com tudo combinadinho e no seu lugar certo – acho perfeito chato! Sua filosofia de trabalho está em ajudar as pessoas a terem confiança de encontrar seu próprio estilo e a decorarem suas casas com o que gostam. Para Jason, uma decoração “adequada” é aquela que reflete o estilo pessoal e o modo de viver de cada um – o ambiente em que você vive tem que dizer algo sobre sua personalidade. Sua casa tem que parecer o SEU lar e não apenas uma casa bonita.

Eu gosto dessa liberdade, dessa confiança de fazer e usar o que é melhor pra você. E gostei mais ainda de ver a casa de Jason Grant retratada na Rue Magazine e descobrir que ele segue em sua casa exatamente a mesma filosofia que prega.

 

Fotos: Rue Magazine

Tags from the story
,

Deixe seu comentário.